Fechamento Contabil

O que é Fechamento Contábil e qual a sua importância?

Podemos definir que o Fechamento Contábil é um balanço periódico, que é realizado pela contabilidade, constando todas as obrigações fiscais que foram cumpridas.

De maneira prática, esse tipo de balanço tende a analisar, identificar e especificar se os registros importantes foram devidamente realizados; além de todas as atividades operacionais da corporação.

Em geral, o fechamento contábil tende a ser realizado em épocas pré-definidas e definidas. Como é o caso de fechamentos anuais ou mensais — que ocorrem bastante em pequenas empresas.

Por outro, em empresas de pequeno porte, elas realizam o balanço patrimonial de maneira mais recorrente. Ou seja, elas recorrem aos modelos semestral, bimestral ou trimestral.

Além disso, o fechamento contábil também permite ao empreendedor ou gestor contábil uma visão ainda melhor de como a organização está. Essa visão gira em torno da saúde financeira, das movimentações, e da economia em geral da marca.

Com isso, torna-se possível realizar um acompanhamento melhor e mais de perto com relação às movimentações, contribuindo para a melhoria e otimização da gestão financeira.

Por que o Fechamento Contábil é importante para a empresa?

Conforme dito acima, o fechamento contábil é de suma importância para garantir a saúde financeira do negócio. Mas, ele vai muito além. Esse tipo de gestão busca analisar, de maneira criteriosa, o crescimento contínuo da empresa e suas movimentações financeiras.

Além disso, o fechamento contábil também é fundamental para os gestores tomarem decisões mais embasadas, e não baseadas em “achismos”. Isso ocorre porque o fechamento permite dados reais da empresa.

Portanto, vamos conferir alguns outros benefícios e vantagens que o Fechamento Contábil tende a oferecer para a empresa. Veja abaixo quais são eles:

  • Busca encontrar possíveis problemas financeiros e resolvê-los antes de afetem outros processos similares;
  • Consegue otimizar a tomada de decisão realizada por empreendedores ou gestores da área — seja a curto, médio ou até a longo prazo;
  • Oferece informações eficientes para que as obrigações fiscais sejam atendidas sem qualquer burocracia;
  • Consegue oferecer um mapeamento geral de como cada setor dentro da corporação se apresentou em cada mês em termos contábeis;
  • Ajuda a qualificar ainda mais o planejamento estratégico.

Além disso, também podemos perceber que o Fechamento Contábil tende a ser caracterizado como uma das principais obrigações fiscais de uma empresa.

Isso porque esse tipo de fechamento compreende eficientemente a apuração de impostos; bem como a análise de dados fiscais, a elaboração de relatórios criados pelo setor contábil e o enquadramento da legislação.

Deseja saber mais sobre o assunto? Visite o nosso blog e confira outros conteúdos relacionados ao tema.

Como fazer um Planejamento Contábil?

Entendendo o conceito e a importância do Planejamento Contábil, vamos entender o passo a passo para fazê-lo da maneira correta:

1. Anote as datas de fechamento

Antes de tudo, o primeiro passo para montar seu fechamento contábil, é anotar as datas de fechamento. É crucial não esquecer as datas específicas para realizar o balanço. Portanto, pode ser interessante montar um calendário ou programar notificações a respeito da chegada da data.

2. Busque antecipar processos

Ao longo da sua rotina empresarial, tente antecipar todos os processos que já podem ser adiantados. Dessa forma, o trabalho torna-se bem mais fácil, e além de tudo, tende a fluir muito melhor na hora de precisar realizar o fechamento.

3. Integre processos, dados e áreas

Em geral, a unificação e integração do máximo de informações e áreas possíveis, tende a ser um processo que visa auxiliar ainda mais na qualidade das atividades. Assim, a empresa pode contar com uma visão ainda mais real e ampla a respeito de todas as movimentações realizadas.

Conte com a GSF para facilitar os processos fiscais em sua empresa!

São mais de 25 anos oferecendo soluções que se adequam às necessidades fiscais tributárias federais, estaduais e municipais de toda empresa. Entendemos o quanto essa área é importante para garantir a integridade dos dados, por isso, estamos sempre atentos às mudanças que podem ocorrer.

Quer entender melhor sobre o GSF Fiscal Cloud? Clique aqui e agende uma demonstração com nossos especialistas agora mesmo e tenha o melhor software fiscal para atender às suas necessidades!

Solucao Fiscal